sexta-feira, 4 de maio de 2018

Em casa com as crianças - o dilema

No mês de Abril gozei uns dias de férias - estive em casa pouco mais que uma semana. Estava a precisar de descansar e de pôr a casa em ordem. Irónico!
Estar em casa também significa estar mais tempo com os miúdos - mais uma ironia já que ter os miúdos em casa também significa trabalhos redobrados, barulho, confusão... logo, perde-se todo o significado do "descansar e pôr a casa em ordem"!
Tenho que confessar que andava tão morta que no primeiro fim de semana andei em modo vegetal. Só estava bem na horizontal. E diga-se de passagem que com a chuva a cair a potes como estava, não apetecia mesmo fazer mais nada senão sofá e televisão - mesmo com as crianças a "chagar a pinha".
Tentei mentalizar-me que precisava urgentemente de deixar esta casa em ordem, fazer limpezas, arrumações, organizar roupas... enfim, tudo e mais alguma coisa. Mas continuava a chover a potes. Toda a gente sabe que chuva e dias cinzentos são a combinação perfeita para fazer... nada. Certo? E depois há a questão das limpezas - também não dá muito jeito andar nas limpezas com chuva constante já que não se pode abrir as janelas, o chão não seca, não se pode estender roupa, etc.

Como se não bastasse o tempo maravilhoso que se fazia sentir, a Maria Inês rapidamente se habituou a ter a mãe em casa 24 horas por dia. Assim sendo, os meus dias eram passados com a Maria Inês pendurada (algumas vezes literalmente) no meu pescoço. Se eu estava a tomar o pequeno almoço, a Maria estava no meu colo a pedir comer (mesmo tendo acabado de beber o seu biberão matinal de leite com cerelac); se eu estava a lavar a loiça, a Maria estava agarrada às minhas calças a pedir colo ou uma bolacha; nem no wc a miúda me dava privacidade - verdade, tenho fotos que o comprovam!! (Fiquem descansados que não vou mostrar.)
A juntar a este cenário, a Maria aprendeu a dizer "colo"! Conseguem imaginar? O dia inteiro a pedir colo, papa e Patrulha Pata. Ela pedia para ver desenhos animados mas eu tinha que ver com ela.
Não foi fácil cumprir a minha missão.



Que fixe... vou desarrumar os DVDs da mamã e do papá!


Nos últimos dias destas mini férias a chuva lá resolveu dar umas tréguas e tive que arranjar maneira de pôr mãos à obra. Com ou sem miúdos. Com ou sem a Maria Inês colada a mim. 
A ajuda do maridão foi preciosa, claro, e lá andamos nós no ufa ufa das lides domésticas durante uns dias.

Ora isto fez-me refletir sobre uma questão: a vida nunca é como nós queremos. 
Que óbvio - dizem vocês. 
A verdade é que se estamos demasiado tempo no trabalho, desejamos passar mais tempo em casa com a família, aproveitar ao máximo as crianças. Mas quando estamos em casa com as crianças passamos o dia a bufar porque não nos deixam fazer nada e a ralhar porque estão a fazer asneiras, a desarrumar, a fazer demasiado chinfrim... enfim.

Será que sou eu que sou demasiado insatisfeita com a vida ou mais alguém por aí tem este dilema?

14 comentários:

  1. Por acaso ainda "não sofro" desse dilema, mas percebo perfeitamente o que dizes! :D
    beijinhos

    amarcadamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E ainda tens muito tempo para lá chegar. Mas como é óbvio, vale sempre a pena o tempo que estamos com eles, seja de que forma for! 😊
      Beijinhos

      Eliminar
  2. Requerem muita atenção, muito mimo.
    Mas vale a pena.
    Boa semana

    ResponderEliminar
  3. Estou gozando minha licença maternidade a um mês, minha pequena toma 24 horas do meu tempo, é prematura mas muito tranquila, adoro cuidar dela.
    No meu blog tem meu relato de parto prematuro e pré eclampsia, e o diário do meu primeiro mês com ela em casa, vale a pena ler, dá uma passadinha lá..
    Tenho usado meu ibsInstagpra divulgação dos posts do meu blog e essas dicas foram muito boas..
    http://miriambrum.com.br

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pela visita!
      Vou retribuir.
      Beijinhos

      Eliminar
  4. Mas o tempo com eles vale ouro! =)
    Beijinhos,
    https://chicana.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  5. obrigado :)

    Percebo perfeitamente a tua situação... não é mesmo nada fácil :P

    NEW FASHION POST | IT'S OPEN THE BEACHWEAR SEASON. <3
    InstagramFacebook Official PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  6. Não é fácil lidar com a situação, as crianças requerem muita atenção. Beijinho e boa semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Às vezes nem toda a atenção chega! eheh
      Beijinhos

      Eliminar
  7. Olá
    Ter crianças é sinónimo de casa desarrumada, mas eles são tão giros!!!
    xoxo

    marisasclosetblog.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muitas vezes "desarrumada" é pouco!!
      Beijinhos ;)

      Eliminar

Diz-nos o que achaste. O teu comentário é sempre bem-vindo.
Obrigada pela visita!