segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

8 Anos

Faz hoje 8 anos que fui mãe pela primeira vez. Fomos pais pela primeira vez.
Foi numa sexta feira 13! Nada de mais. Não tenho medo do 13. E não tenho medo da sexta feira 13 - A minha primeira viagem de avião foi a uma sexta feira 13, o número que carregava nas costas enquanto jogadora de Basquetebol era o 13. Eu gosto do 13!

Foi a grande novidade na família. Não era só o primeiro filho. Ia nascer o primeiro neto, o primeiro sobrinho, o primeiro bisneto, o primeiro sobrinho neto. O primeiro de uma nova geração, de ambas as partes - materna e paterna.

Uma nova aventura ia começar. Uma responsabilidade enorme que iamos assumir: educar uma criança, criar um ser para enfrentar este mundo de loucos. Estávamos a começar uma nova fase da nossa vida. Uma fase em que aprendemos a ficar para segundo plano; uma fase em que aprendemos a abdicar. Uma fase em que aprendemos a amar da forma mais pura que possa existir, sem egoísmo, sem esperar nada em troca; amar sem medida, sem pensar no depois; amar com um gesto, com um olhar, com um sorriso e até com um ralhete; amar com dores de cabeça e com fome, amar mesmo derreada e depois de uma noite mal dormida; amar depois de uma fralda cheia de cocó ou da cama toda molhada porque a fralda não resistiu. 
É aquele amor que não se explica mas que se percebe no momento em que aquele ser tão belo e indefeso sai de dentro de nós e nos ama incondicionalmente. 




Foi numa sexta feira 13!
Foi a sexta feira 13 mais bonita e marcante das nossas vidas.
Sim, tive dores. Mesmo com epidural tive dores. Mas valeu cada segundo de dor. Foi um parto fácil, tendo em conta outras histórias que ouço e até mesmo o da Maria Inês. Com um ou outro contratempo mas nada de transcendente.  O nosso menino nasceu lindo, grande e saudável.  Era carequinha e com uma penugem loirinha que manteve durante o primeiro ano de vida. Foi um bebé calmo e bem comportado - não nos deu muitas dores de cabeça.
Hoje é uma criança super activa, saudável, inteligente, educada, meiga e responsável. Já é o irmão mais velho. Já tem 8 anos... como o tempo passa! Como o tempo voa!

Foi numa sexta feira 13!  
Foi a sexta feira 13 que marcou o início de uma nova vida. O início das nossas vidas como pais, como educadores, como seres cheios de dúvidas e de medos; seres imperfeitos que buscam, incessantemente, a perfeição e a felicidade para a sua cria.

Foi numa sexta feira 13...
Abençoada sexta feira 13!

Parabéns Bernardo! 


 


 


 


 


 




4 comentários:

  1. Muitos parabéns ao Bernardo e aos papás :)

    ResponderEliminar
  2. Uma bonita marca, uma bonita lembrança Rute. E daqui a uns anos, quando o Bernardo tiver outra percepção e vir esta lembrança que a mamã lhe fez, acho que vai adorar!
    Muitos parabéns para vocês.
    bj

    ResponderEliminar

Diz-nos o que achaste. O teu comentário é sempre bem-vindo.
Obrigada pela visita!