quinta-feira, 27 de outubro de 2016

A primeira papa

Tem-se vivido dias complicados cá em casa. A Maria dorme aos bocadinhos durante o dia e quando está acordada não quer ficar sozinha; dificilmente aguenta na espreguiçadeira mais que 10 minutos  (e já estou a exagerar) e se estiver no colo, não nos podemos sentar no sofá - não há desenhos animados ou música ou documentário que a prendam. Só consigo tomar banho se estiver alguém em casa comigo e ir fazer um simples xixi também pode ser uma tarefa complicada já que a gaiata abre a goela assim que se vê sozinha  (a não ser que tenha uma epifania e consiga estar uns 5 minutinhos bem disposta e sorridente na companhia dos seus bonecos. Mas tem sido algo muito raro)! 





Já tivemos dias em que optámos por descansar por turnos tal é o desgaste; o maridão já foi (algumas vezes) passear com a Maria durante uma hora, logo pela manhã, para ver se a "amassava" e ela descansasse mais durante o dia! Não consigo estar sentada no sofá 5 minutos - a não ser que passe da meia noite - sem que tenha que ir ao quarto confirnar que a Maria está a dormir ou simplesmente pôr-lhe a chucha na boca. Não consigo escrever um texto do princípio ao fim no mesmo dia, mais uma vez, a não ser que passe da meia noite  (daí a minha ausência durante 3 e 4 dias entre posts). E só me alimento melhor porque o Chef está em casa uma boa parte do dia (se tivesse que cozinhar todos os dias já estava em modo "deprê" ou mesmo internada).

Durante a noite a Maria Inês já não dorme as preciosas 6 ou 7 horas - com 3 horinhas de sono entre as mamadas já eu sou feliz! Logo o cansaço durante o dia duplica, triplica, quadruplica... há dias em que simplesmente preciso de cair para o lado.
Não sabemos o que fez a Maria mudar tanto de um mês para o outro mas agora que atingiu os 4 meses de vida (a 25/10) estamos na esperança que o padrão se mantenha e com um novo mês ela mude outra vez. E este mês é o calminho! Era bom! 😊

E como já está uma crescida já começou a comer papa! Yes... vamos encher o bandulho à miúda ao jantar para ver se ela dorme a noite toda!

Hoje... quer dizer: ontem (porque não consegui acabar o texto antes da meia noite) foi dia da consulta dos 4 meses e já temos o ok para começar a introduzir outros alimentos gradualmente. Começamos com a papinha.  A médica avisou-nos que as primeiras vezes podem ser complicadas mas a Maria mal lhe sentiu o gosto só sabia abrir a boca à espera de mais! Já o irmão também não se armava em esquisito. 








A Maria não comeu o prato de papa todo como é óbvio.  Esteve muito longe disso. Também houve mãos na boca e babete... a primeira coisa que aparecesse era para comer. Até que se irritou e preferiu ir dormir. Afinal foi só o primeiro dia. Mas estamos com fé que a papa tenha chegado para mudar os nossos dias!
Apostas?

4 comentários:

  1. É preciso muita paciência com as crianças! Eu tive que ter muita com o meu que era um peste para dormir!!! Foram muitas noites mal dormidas!

    Coragem querida!!

    www.anafernandes.ch

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada!
      Esperemos que seja uma fase passageira 😉

      Eliminar

Diz-nos o que achaste. O teu comentário é sempre bem-vindo.
Obrigada pela visita!