sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Bernardo e a saga Dentista


Foi a terceira ida ao Doutor dos dentes.
Depois do episódio anterior em que o Bernardo saiu do consultório todo contente e confiante de que repetiria tudo com uma pernas às costas (depois de chorar, espernear e passar mal, claro), achei que desta vez não iria ter nada para contar.
O dentinho começou a abanar há uns dias por isso até acreditei que o Doutor não lhe iria fazer nada. Mas como a consulta já estava marcada, resolvemos que não se perdia nada em ir (mesmo que fosse só para o Bernardo se manter familiarizado com o ambiente fantástico e convidativo de um consultório da especialidade)!

Mas as ansiedades da criança não dão hipótese e, antes de sair de casa, o Bernardo já tinha tonturas, sentia-se mal, chorava... estava em pânico (mesmo depois de lhe explicarmos que provavelmente não ia acontecer nada porque o dente estava a abanar).
Cheguei a pensar que ele ia desmaiar na sala de espera, tal era o estado dele.

O rapaz não teve tempo sequer de respirar, quanto mais de exprimir a sua (não) vontade ao Senhor Doutor. Entrou, sentou-se na cadeira das maldades, o Dentista viu-lhe o dente, fez uma retrospectiva da consulta anterior e explicou que iria acontecer tudo da mesma forma. Afinal o dente definitivo já estava cá fora e era preciso sacar o malandro que
estava a mais. O Bernardo levou mais picas que aquelas que eu consegui contar (porque os dentes de cima são mais complicados) e quando se ia a queixar de dor já o dente estava cá fora!




E no fim, claro, ficou deitado a ver o Cartoon Network  (não perguntei se tinham o canal Panda para não parecer inconveniente!) com direito a paninho molhado na testa porque o puto sofre mais por antecipação do que com a realidade em si e depois quase cai para o lado.
Portanto... um episódio completamente normal e nada que um geladinho não resolva a seguir (qual pânico, qual ansiedade, qual quê?!).

4 comentários:

  1. Esse miúdo não existe 😂😂😂😂 ❤❤❤

    ResponderEliminar
  2. As crianças são sempre fascinantes =)O meu ainda nãochegou a essa fase de perder os dentes mas lá chegará!=)

    www.anafernandes.ch

    ResponderEliminar
  3. Pode ser que tenhas sorte e seja mais fácil 😉

    ResponderEliminar

Diz-nos o que achaste. O teu comentário é sempre bem-vindo.
Obrigada pela visita!